A Prisioneira das Sombras - Um Romance Histórico


[A Prisioneira das Sombras - Um Romance Histórico]

[Coleção: Espinhos na Carne]


Não posso dizer muito mas, confesso que está dando muito trabalho. Por se tratar de um Romance Histórico. Tenho que passar horas pesquisando e é um trabalho exaustivo. Pra quem ama história é uma boa pedida. E, eu amo demais. A história do nosso país é fantástica, cheia de surpresas e existe uma quantidade de registros que milhares de pessoas desconhecem. Sim, eu nem imaginava que estudando a história do meu país poderia chegar numa conclusão dessas. Há duzentos anos eu posso dizer que estou perplexa. A política principalmente em estado rígido e desconfortante, nada comparado aos conflitos de outrora. Mas, digo a rigidez saudável onde os conflitos se aplicavam ao desempenho de um país mais idealista. E, a guerra de opiniões é cansativa. A política e a economia do nosso país já fizeram a diferença.
Tudo que posso dizer é que o meu Romance é uma pitada de ficção dentro dos contextos reais da história enfatizando as datas reais dos acontecimentos. É uma viagem no tempo. Pra quem sempre deixou os livros de história de lado no colégio pode ler o Romance e degustar um pouco da nossa história real.
Dentro do contexto histórico o Romance demarca o período da lusofobia, a questão religiosa, a lei áurea, a nova república, as assinaturas dos treze generais, a inauguração do teatro amazonas, o extrativismo; uma especulação, a posse do vice opositor, o início das indústrias; uma especulação, a primeira guerra, o Brasil na guerra, o navio mercante atingido pelos alemães; uma especulação, a crise econômica no Brasil pós guerra.

Aiyra é uma menina descendente de aruaques que foi levada a uma igreja por um padre a pedido de Tara, a única parente viva depois de ser levada à ela pelas parteiras. O último pedido da mãe que falecera dando a luz.
Depois de dezessete anos todas se reencontram. Porém, a vida de todas foram alteradas de forma considerável.
Levando em consideração que o Romance tem oitenta e cinco anos de história.

O Romance inicia quarenta anos antes de Aiyra nascer e termina quarenta e cinco anos depois.

85 anos de história! [Primeira Parte]







Mensagens populares deste blogue

Poesia Além do Tempo