A Iniciação Rosa Cruz










A iniciação é uma porta na qual o estudante terá que bater e para que essa porta abra precisará não apenas da chave certa, mas, terá que ter acesso à essa chave.
O caminho é árduo, porém, abrasador. Não existe palavras para descrever as experiências e se fosse permitido. Todo o Universo visto de forma real assim, é o reino do Iniciado.
O reino escondido por baixo dos véus, um reino intocável na qual jamais sentiríamos desejo de regressar, apenas ir. Ir para conhecer outros mistérios, e, esse reino nos fala com os seus símbolos, através dos sonhos e através dos seres sagrados que há em nosso próprio reino. Os animais, a natureza, os sentidos da meditação.
Os sonhos trabalham com símbolos e eles nos dizem as palavras do subconsciente, o lugar mais intocável e que pertence aos segredos cósmicos. Nesse ambiente os seres sagrados da terra se comunicam conosco. Abrindo as portas de outro Universo, na qual nem todos precisam crer. Por isso, as lições são secretas e o valor desse segredo nos fortalece. Há cousas que jamais poderíamos explicar e não nos valeria de glórias tentar expor. Existe um sentido em tudo na vida, o de crer e o de não crer. Os materialistas e os espiritualistas. Cada um com sua meia verdade.
Não nos valeria a honra de apresentar toda a verdade absoluta, pois somos seres encarnados e como todos os seres corpóreos padecem ao pó de toda a terra.
São nossos pecados originais que nos levam a sepultura?
Não.
O que nos leva à transição é a fonte de perfeição da consciência cósmica para que nos tornemos melhor e que por força maior nos livre dessa condição da matéria. Para então, nos tornar espírito. Um ser livre de transformações.
Estamos na terra para evoluir, sermos melhores em todos os aspectos.
A iniciação às escolas místicas é uma forma bastante agradável nos últimos anos, não só em seu conteúdo, mas para que as gerações possam se agarrar um pouco à espiritualidade. Desatar as amarras do materialismo e ser melhor no sentido de fraternidade.
Estar num caminho esotérico permite ampliar a mente para Deus porque todo o resto dessa vida é passageira. A vida é uma escola e há muitas travessias, muitos correm para o lado errado, outros se mantém firme. Repete alguns erros e aprende a lição. O importante é se erguer e corrigir para que no final possamos passar pelo umbral.
A porta está lá, a chave nem sempre nos proporciona uma abertura, o ferrugem pode destruir uma cavidade importante desse friso, mas, com paciência podemos lapidar.

"Que o umbral possa nos libertar da claridade que nos cega e que nas trevas de nossa ignorância possa iluminar todos os seus segredos".


SRC


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Poesia Além do Tempo

Brasil - Política