Emily Brontë, Charlotte Brontë e Charles Dikens










O que esses autores e esses romances tem em comum?

Lendo sobre eles no Livro da Coleção GloboLivros, o Livro da Literatura página 128 e 147, diz não muito, mas, o essencial de suas vidas ilustres no mundo em questão, que é o mundo do autor. Embora, muitas vezes, depressiva e louca, outras vezes, de sucesso e nostálgica. Rara as vezes em que o autor como Agatha Christie que viveu uma vida longa, longe das imprensas e mesmo assim, com o sucesso ao seu lado. Considero essa vida perfeita. Nem sempre as loucuras da fama trás o necessário. Tudo que realmente um autor quer é ser reconhecido, porém, com a atmosfera do prazer recolhido.
Esses autores que selecionei numa época remota montaram o ar gótico e trouxeram em seus livros o romance que o chamam de eterno. Um romance clássico, amadurecido e tão forte quanto as raízes de uma árvore. Superando as barreiras do tempo e como um bom vinho, quanto mais o tempo passar, o sabor aromático se tornará mais degustado e profundo deixando o sabor envelhecido aos mais exigentes paladares. 


Charles John Huffam Dickens  07 de fevereiro de 1812 - 9 de junho 1870) foi um escritor Inglês e crítico social. Ele criou alguns dos personagens fictícios mais conhecidos do mundo e é considerado por muitos como o maior romancista da era vitoriana . Suas obras tiveram popularidade sem precedentes durante sua vida, e no século 20, críticos e estudiosos o reconheceram como um gênio literário. Seus romances e contos ainda são amplamente lidos hoje.

 

Nascido em Portsmouth , Dickens deixou a escola para trabalhar em uma fábrica quando seu pai foi preso em uma prisão de devedores . Apesar de sua falta de educação formal, ele editou um diário semanal por 20 anos, escreveu 15 romances, cinco novelas , centenas de contos e artigos de não ficção, lecionou e realizou leituras extensivamente, foi um escritor de cartas incansável e fez uma campanha vigorosa para crianças. direitos, educação e outras reformas sociais.

 

 

Charlotte Brontë (Thornton, 21 de Abril de 1816 — Haworth, 31 de Março de 1855) foi uma escritora e poetisa inglesa, a mais velha das três irmãs Brontë que chegaram à idade adulta e cujos romances são dos mais conhecidos da literatura inglesa. Nasceu em Thornton, oeste de Bradford, West Yorkshire, Reino Unido no dia 21 de abril de 1816. Escreveu o seu romance mais conhecido, Jane Eyre com o pseudônimo Currer Bell.

 

 

Emily Jane Brontë (Thornton, Inglaterra, 30 de julho de 1818 — Haworth, Inglaterra, 19 de dezembro de 1848) foi uma escritora e poetisa britânica, autora do romance Wuthering Heights (O Morro dos Ventos Uivantes), hoje considerado um clássico da literatura mundial. Era a segunda irmã mais velha das três sobreviventes irmãs Brontë, entre Charlotte e Anne. Ela escrevia sob o pseudônimo masculino Ellis Bell.



É, das três irmãs, a de que menos se têm informações, tendo vivido reclusa e introvertida. Charlotte Brontë, no seu prólogo para a edição de Wuthering Heights de 1850, falou da relação da irmã com as pessoas: "Embora seus sentimentos pelos que a cercavam fossem benevolentes, relações com eles ela nunca procurou, nem, com poucas exceções, as experimentou. E mesmo assim ela os conhecia: sabia seus costumes, sua linguagem, a história de suas famílias; podia ouvir sobre eles com interesse, e falar deles com detalhes; porém, com eles, raramente trocou uma palavra"


Matéria retirada da Enciclopédia livre e mais informações na Coleção GloboLivros.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Poesia Além do Tempo

Brasil - Política