Uma Nova Humanidade





UMA NOVA HUMANIDADE...



NO NÍVEL MAIS PROFUNDO, NOSSA REALIDADE É MATEMÁTICA POR NATUREZA.
ESTA FILOSOFIA FOI UMA TESE DEFENDIDA POR PITÁGORAS.

O HOMEM NÃO INVENTOU ESSA CONCEPÇÃO, POIS, ANTES MESMO DE PROVAR O LADO IRRACIONAL DOS NÚMEROS, HAVIA O SENSORIAL. A MEMÓRIA DO PRÓPRIO TEMPO. EM QUE CONSISTE ETERNIZAR AS ESTIRPES PARA QUE ESSA CRIAÇÃO PUDESSE SER PASSADA DE TEMPOS EM TEMPOS.

SE O QUE CONHECEMOS FORAM PASSADO DE MENTES EM MENTES, HISTORIADORES, BIÓGRAFOS, FILÓSOFOS, CIENTISTAS. HÁ NA MENTE CRIADORA DO TEMPO UMA FONTE EM QUE UNE O HOMEM E O DIVINO PARA QUE NOTORIAMENTE OS REGISTROS DE APRENDIZADOS SEJA DEIXADO EM CADA ÉPOCA PARA QUE PODEMOS ABSORVER.

SE A MEMÓRIA DO PRÓPRIO TEMPO GUARDA A SUA SUPREMA SABEDORIA.

— TERÍAMOS A CHANCE DE APONTAR O LADO CORRETO E PROVAR QUE HÁ UMA RAZÃO IRRACIONAL QUE EQUIVALE FRAÇÕES DO TODO?

— SERIA NESSA PROPORÇÃO QUE SOMARÍAMOS UMA NOVA HUMANIDADE?


 (Texto com DIREITOS AUTORAIS)

[Claudianne Diaz]

Ouça também!

A Prisioneira das Sombras

Belisama em Fases Lunares

Nas Mãos do Alquimista

Uma Nova Humanidade