Uma Nova Humanidade






UMA NOVA HUMANIDADE...


O PENTAGRAMA PERTURBA-TE EXPLICA-ME ENTÃO, FILHO DO DIABO COMO ENTRASTE, SE ELE AGORA TE IMPEDE DE SAIR? ENSAIO DE GOETHE.

A HISTÓRIA DO PENTAGRAMA OU PENTÂNGULO DESCRITOS EM MUITOS ROMANCES, CARREGA ÀS SOMBRAS SUAS RAIZES DE VERDADE, EMBORA MILHARES DE OPINIÕES EQUÍVOCAS REFERE-O AO UM SÍMBOLO PERTURBADOR.

HÁ REGISTROS QUE RESÍDUOS EM CERÂMICA FORA ENCONTRADA DA ANTIGA BABILÔNIA QUE DATA EM TRÊS MIL E QUINHENTOS ANOS ANTES DA ERA CRISTÃ.

OS PRIMEIROS CRISTÃOS USAVAM O PENTAGRAMA PARA SIMBOLIZAR AS CINCO CHAGAS DE CRISTO COMO SÍMBOLO DE VERDADE.

O IMPERADOR CONSTANTINO I DEPOIS DE OBTER FAVORES DA IGREJA NA CONQUISTA DO IMPÉRIO ROMANO USOU O PENTAGRAMA COMO A CRUZ. MAS, A ESTRELA QUE ANTES, FORA SAGRADA SE TORNOU PESADA DEMAIS PARA SER USADA COMO UM SÍMBOLO DA VERDADE NA DURA INQUISIÇÃO. NESSA INTERPRETAÇÃO DISTORCIDA CRIANDO REGIMENTOS, CONTROLES E PUJANÇA DE RELIGIÕES DIVERSAS, A FEITIÇARIA FORA ALVO NA QUAL MARCARIAM POR TRÊS SÉCULOS CONSECUTIVOS. SE FOSSE HERESIA, ENTÃO TINHA UM ESPINHO NA CARNE. — MAS O QUE ERA HERESIA SENÃO ACREDITAR EM ALGO CONTROVERSO PARA QUEM CITAVA AS LEIS?

REGISTROS SIGNIFICATIVOS MOSTRAM QUE A ENERGIA DE ALGO VERDADEIRO CARREGA CONSIGO A SUA PORÇÃO, E JAMAIS ESSA VERDADE PODE SER DESTRUÍDA.

SALVADOR DALÍ, FOI UM PINTOR EXTRAVAGANTE E PROVOCADOR EM SEU TEMPO, NO SÉCULO XX. MAS USOU O SIMBOLISMO DO PENTAGRAMA PARA RETRATAR O SACRAMENTO DA ÚLTIMA CEIA. — SERIA PURA IMAGINAÇÃO? TALVEZ.

UM CORTE TRANSVERSAL DO NOSSO ADN MOSTRA SECRETAMENTE A ESTRELA. A VERDADE ESTÁ CONTIDA, IMACULADA E PURA. E, POR ISSO, FOI USADA PARA REPRIMIR FORÇAS CONFLITANTES. AO RISCAR UM PENTAGRAMA, A LINHA É CONTÍNUA, ASSIM COMO O QUE SIMBOLIZA, VIDA, MORTE E RENASCIMENTO. ININTERRUPTO.

HÁ NO CENTRO DESSA FORÇA CRIADORA UM SEXTO ELEMENTO.

— SERIA ESSA FORÇA INEGÁVEL, EVIDENTE E MANIFESTA QUE EXERCERIA PARA CRIAR UMA NOVA HUMANIDADE?

 

A simbologia geométrica dessa estrela é muito antiga. Em sua proporção divina carrega mensagens de que o homem encarnado e os mistérios que nela envolvem são revelados profundamente em sua forma etérea, com a unificação psíquica preparada, conectada e alinhada com a sua essência. Dela é gerada forças para a cura, para a transmutação e a união com o sagrado. As forças na qual a envolve transmite ao ser a autoconsciência. Somente os seres de luz que receberam a iluminação alcançaram a transmutação do seu verdadeiro simbolismo deixando a forma carnal e se unindo ao etéreo.


(Texto com DIREITOS AUTORAIS)

[Claudianne Diaz]

Ouça também!

A Prisioneira das Sombras

Belisama em Fases Lunares

Nas Mãos do Alquimista

Uma Nova Humanidade