Uma Nova Humanidade





 UMA NOVA HUMANIDADE...


BENGALA É UMA REGIÃO GEOPOLÍTICA CULTURAL E HISTÓRICA, ESPECIFICAMENTE NO SUBCONTINENTE INDIANO QUE É A REGIÃO PENINSULAR DO SUL DA ÁSIA, ONDE SE SITUAM OS PAÍSES DA ÍNDIA, PAQUISTÃO, BANGLADESH, NEPAL E BUTÃO.

POR RAZÕES CULTURAIS E TECTÔNICAS, DERIVAÇÕES DE LÍNGUAS. A ILHA DO SRI LANKA E AS MALDIVAS PODEM CONSIDER-SE PERTENCENTES AO SUBCONTINENTE. NA ETMOLOGIA O NOME É DERIVADA DO ANTIGO REINO DE BANGA.

A HISTÓRIA É EXTENSA DEVIDO A RICA CULTURA QUE CARREGA SOBRE O SÂNSCRITO DE MAIS DE SETENTA E CINCO MIL VERSOS.

NUMA DISTINÇÃO PRÉ-HISTÓRICA, HÁ REGISTROS E EVIDÊNCIAS ARQUEOLÓGICAS DESSES POVOS NO SEGUNDO MILÊNIO, ANTES DA ERA CRISTÃ, SOBRE O USO DO COBRE, QUE FOI UM PERÍODO PROTO-HISTÓRICO EM ORNAMENTOS DE CERÂMICA E O CULTIVO DE GRÃOS.

ESSA CIDADE FOI CONSIDERADA PARTE DA REGIÃO DE MÁGADA, QUE FOI O BERÇO DA CIÊNCIA.

NA ÉPOCA PRÉ-ISLÂMICA, A PALAVRA SIFR TINHA O SIGNIFICADO DE VAZIO. OS INDIANOS IDENTIFICARAM-NO COM A NOÇÃO PARA ZERO. E SIFR PASSOU A SIGNIFICAR ZERO AO SER USADO PARA TRADUZIR UM SÂNSCRITO HINDU.

O TEMPO EXISTE SÓ NA ORDEM CRONOLÓGICA, A CRIAÇÃO DE ALGO CARREGA AS MEMÓRIAS DE UM PERÍODO A OUTRO E LEVA A SUA ORIGEM A UMA FONTE VERDADEIRA.

— ESTARÍAMOS INICIANDO DO ZERO OU SIFR UMA NOÇÃO DE SER PARA UMA NOVA HUMANIDADE?



Historiar o numeral zero é uma jornada. Temos que ter muito cuidado ao informar sobre questões históricas, mas pesquisando sobre o equivalente denominador vi que existe ambiguidades em sua origem. Na pesquisa etimológica digital os acervos nos indicam que o zero em questão pode derivar do francês, porém, apenas na introdução da linguística. Sua origem deriva do grego e por centenas de anos o zero tinha um significado de nada ou vazio. Vale administrar na etimologia de que esse vazio na álgebra se tornava algo infinito ao introduzir após um elemento. Quando o sistema de vazio ou nada permaneceu no mundo da matemática por centenas de anos. Ao traduzirem um sânscrito hindu ao florescimento da iluminação o zero foi introduzido com uma funcionalidade álgebra de valor.

  

(Texto com DIREITOS AUTORAIS)

[Claudianne Diaz]

Comentários

Ouça também!

A Prisioneira das Sombras

Belisama em Fases Lunares

Nas Mãos do Alquimista

Uma Nova Humanidade