Mensagens

Novidade Filosófica!

Terracota - O Campo da Realidade Cognitiva

Imagem
  O Campo da Realidade Cognitiva – Efeito Íris – Grau 9.7     Cálcio, sódio, potássio. Toda a propriedade de realidade factual final da luz é dividida por seu grau de maior e menor energia num comprimento de onda, onde a luz viaja. A distância entre os picos dessas ondas por frequência é obtida por segundo, nessa amplitude de altura, ou seja, os vales , registram o fundo mergulhante da onda que dessa energia proporcionou a sua frequência eletromagnética. Por sua vez, a imagem baseia-se na onda de luz que entra para a córnea por refração. Sistemicamente, os 5 milhões de cones divididos por suas principais cores tricéfalas; azul, que carrega o comprimento de onda 430 nm ; verde, que carrega o comprimento de onda 530 nm ; vermelho, que carrega o comprimento de onda 560 nm . Se conectou com a luz da córnea; a água , interrelacionando com a percepção de luz-realidade , trouxe o feixe-aspecto, mas interagiu por tipo de onda. Nessa viagem de luz que carrega toda a íris; o arco, o

Terracota - A Raça Humana

Imagem
  Terracota - A raça humana – o modelo anatômico perfeito;  a ordem -58 Sódio, potássio, carbono. Nas pirâmides que circundam o sangue, as anteriores, as posteriores e as médias, também circunda a precursora circular que reage, que sustenta a principal fonte de suprimento da hematose, que antes foi levada pelos caminhos de drenagem. Limpa, envolta ao auxílio de miríades irrigações, tornam ao círculo de principal volta; a supremacia porção do cérebro. Onde os pensamentos que antes passaram por impulsos, eletromagnetizados por força negativa em seu volts teosófico 13 inclina à escuridão. Mas, diante da natureza humana, onde a forma anatômica cruzou os portais mais sombrios da natureza, criara a sua desenvoltura na forma de sensação, do juízo, do raciocínio. Nela implicou, replicou e multiplicou a sua natureza cósmica e nessa forma de sensação, de impulsos, de energia, de aceleração monta em seu caráter, as esferas binárias negativas de eletrodos. Nesse circuito guarda na medula o forneci

Lua Negra - A Lua Serpentária

Imagem
  Lua Negra — A Lua Serpentária A Ordem 5,77.5 Um contorno entre as apóstrofes celestes; 29,53085106382979. Os perímetros usados dentro de sua raiz e multiplicado pelo código do zodíaco equivale seu lugar de origem, nesse ambiente relativo alterna em sua linha visionária de tempo as formas de luz e sombra, criando a sua orbita por frações nas sombras e abrindo as inclinações às suas fases. Mediante, a sua distância, ângulo e grau. Orbitando sob a atmosfera nas mesmas proporções de tempo na qual o homem carrega em sua medula. A força antes que ordenou as 13 lunações e ondas sobre as marés, alternam em vivas e mortas, em relação as 11 principais especificidade de posições entre 3 pontos, terra, lua, sol e em oposição, lua terra, sol. Essa alternância e repetição que atua sobre o campo gravitacional gera a vida. Onde a designação das ondas longas e curtas conserva as proporções fotorreceptoras. Todo o trabalho do 9 e 7 no macrocosmo se repete ao microcosmo, e vice-versa. Inicia-se então,

Circe

Imagem
CIRCE - Filha do Sol Aiaíā . Morada de Circe. Descansa sob um ponto, toda de luz o seu código, escondido e imerso na escuridão. Circe, a deusa da ilha do sol. Entrelaçada com a sentença dual do homem; sentença essa que faz dele a natureza mais elevada ou a mais ínfera. Estando possuindo a ilha do sol, ela espera novos guerreiros e aventureiros para delimitar o seu curso, pois, há limites entre os seus visitantes e a sua generosidade. Nem sempre, sua forma de recepcionar leva-os para conhecer o interior de sua morada. O sulco exteriorizado de seus venenos delimita a passagem desses guerreiros e assim, toda a síntese antes imaginada recua e morre. Síntese, que por suas mãos são feitas e impregnadas pela força de sua vontade e determinação causando a decídua . Circe, vence a batalha por sua decisão, pelo código não compilado e por um feixe de luz reprimido antes das duas colunas serem elaboradas. Colunas nas quais dançam as espirais . Um guerreiro sábio, mas equívoco, Ulisses. O her

Bruxas - Lua da Anciã

Imagem
BRUXAS - LUA DA  ANCIÃ   Celebra a face escura da deusa Anciã; senhora da morte e da sabedoria. Nas fogueiras celebram o rito de passagem, os sabás, as divinações, nas lenhas que queimam faíscam na luz serpentina as visões como o espelho negro. O círculo sagrado não só devota as 13 feiticeiras do tempo como marca uma passagem simbólica entre os mundos. Dominam a arte da escuridão não só por efeito paradoxo, mas por representar as forças masculino e feminino trazendo por detrás das cortinas celestes o equilíbrio das fendas do próprio tempo. Oitavo tempo dentro das cortinas enluaradas, reprisam o uno dentro do 3 e o 5. Óctuplo, o nobre caminho. A anciã da lua negra, do inconsciente, do oculto, das sombras trás invisível o novo. Pelo fim do velho ciclo, ela traz o mistério. Entre as fases do tempo onde estão recolhidos os finos véus que separam os mundos; o físico do astral. A anciã condutora das barcaças das almas flui o sopro da direção. O sopro da consciência interior que res

Lua Azul

Imagem
  Lua Azul — A 13ª Lunação — A Ordem 101.29 — E A Molécula do Tempo     Uma medida, cem anos. Ferro, níquel, gás carbônico. Massas e gases que formam os ingredientes da vida do mais profundo núcleo, as 65 variações da terra e subdivididas em 1.3 milhões de milissegundos de interações, segregados de contrações, ajustes, vibrações, oscilações por 31 meses, brandindo 11 variações em seu campo eletromagnético, multiplicado pelas cavidades externas do homem, nascendo a força criadora das duas junções dos polos por 23,84615384615385 de tempo. A semente miraculosa, que deve ser honrada, amada e conservada. Pois, não há forma de manter-se em harmonia com o pai e o filho sem a merecida forma de conservar, de permanecer, para que a terra não se curve aos poderes tempestuosos do sol. Ele é a força subjacente de vida e morte e que por complacência dos oceanos mantém-se. Os anéis concêntricos da esfera subtraem e somam os lasers que inteiramente são lançados nas bases dos ferros e dos

Terracota - A Esfera - A Ordem 1,3.3036

Imagem
Terracota — A Esfera — A Ordem 1,3.3036     Vazio. O ovo primitivo, aragonita , calcita , vaterita , sais . Revestido de endosperma, tecido natural triploide, contendo o 11 e o 31 ; a soma perfeita. Formado através dos pigmentos amarelo e vermelho, sob ondas e energias 11 e 7 . Vibrações, crivagens, oscilando sob a força 12 e 42 . Regidos e orquestrados naturalmente pelas profundezas do núcleo, das ondas e mergulhados nas imersões radiantes de uversos descodificados, gravados em campos morfogênicos. Maturando em diferentes formas de cores, desfragmentados pelas forças de íris, subjacentes do arco dos deuses e levados sob os templos do sol. Cantos diferentes e ressoados nas profundezas oceânicas davam o parecer de dois amantes apaixonados, vigorados pelo amor de Vênus e da estrela matutina. Criando a liturgia nas quais os sons os levariam acima e abaixo das ondas e nuvens, trazendo a imensidão do nada um ponto negro; o umbigo da criação. Desenrolando do umbigo, Vênus