Mensagens

Novidade Filosófica!

Pãdurii - Canção de ninar

Imagem
CANÇÃO DE NINAR OUÇA AQUI A CANÇÃO E RESUMOS DE ROMANCES EM PRODUÇÃO! Quando atravessavam o monte, o sol já havia entrado, o céu borbulhava de estrelas, os vaga-lumes iluminavam a trilha, os grilos cantavam alegremente e os cães selvagens uivavam ao longe. O cavalo de Radu resmungava ao trotar e os homens atrás seguiam o patrão e os seus homens na escuridão. Todo o conteúdo da obra será com palavras indígenas, carregadas de energia, como dizem os antigos xamãs, os nomes carregam em si a força na qual supri na hora de cada nascimento. Texto com © DIREITOS AUTORAIS 

Pãdurii - Além da Colina

Imagem
OUÇA O RESUMO E A CANÇÃO DE NINAR DE PÃDURII Acorde Inara, com o som da clave, Durma espíritos do anoitecer, Sinta o seu corpo etéreo renascer Entre os espinheiros negros florescer! Fragmento do conto em produção... Pãdurii - Além da Colina

Nas Mãos do Alquimista

Imagem
  — Porque os viajantes do tempo quando passam por panaceia, obcecado pelo frasco dourado, deixam mais do que levam. Anulam parte de suas vidas em busca do elixir para manter o espírito preso à carne. E, perdem mais tempo procurando do que existindo. Buscando a pedra que não é pedra de um fragmento que já possuem em si. O frasco dourado que contém o elixir da vida existe na forma de magia, mas o conteúdo que tomas é o que desperta em ti o valor de quem és de verdade. Senão, a busca se torna perdida, o fragmento de nada serve e o poder que contém para sempre será selado. Tudo deve ser numa dimensão tríplice, aceitado pelos reinos elementares e difundidos em ti numa multiplicidade de imersão e transformação na qual o poder alcançado seja em ti digno. Por outra ocasião, que não seja um buscador puro, o poder contido no frasco não surtirá efeito. Porque tudo vem de dentro e não de fora. OUÇA O RESUMO AQUI E CONHEÇA OUTRAS OBRAS EM PRODUÇÃO! Fragmento do LIVRO [EM PRODUÇÃO] NAS MÃOS DO ALQU

Farmacopeia da Bruxa - Tratado das Plantas na Feitiçaria

Imagem
Farmacopeia da Bruxa - Tratado das Plantas na Feitiçaria OUÇA O RESUMO AQUI E CONHEÇA OUTRAS OBRAS EM PRODUÇÃO! Em Farmacopeia da bruxa lista as principais ervas e plantas na botânica da feiticeira, surtindo o efeito alucinógeno da feitiçaria oculta. Cada bruxa trabalha numa ocasião diferente, como as raízes que buscam, o fato da bruxa verde se estender a uma gama extensa no mundo de panaceia é uma das virtudes adquiridas ao longo dos tempos. Esta é uma dedicação e por vezes, atribuída às feiticeiras do tempo, pois elas assopram as ervas em sonhos e trazem as suas propriedades, é só se manter em silêncio, calada ela nos diz todas as suas receitas e poções. Nesse tratado de ervas e plantas na feitiçaria mostra não só as suas propriedades, mas as suas receitas na magia. A origem e o formato delas em benefício em nosso corpo. Sua forma mostra exatamente as suas funções medicinais. Embora, a civilização esteja de fato, se distanciando da mãe lua. Ela jamais deixará de ensinar à hum

A Prisioneira das Sombras

Imagem
CLUBE DE AUTORES Tudo se inicia quarenta anos antes do nascimento de Aiyra . Quando ainda seu bisavô xamã era vivo e liderava uma vila inteira de índios descendentes de aruaque . Um coronel se muda para a vila das aldeias Baníua e se instala por acordo capitalista. A paz que reinava terminou e uma guerra entre eles começou. A resistência dos índios em lutar por suas terras transformou tudo ao redor e em cada vida que ali permanecia. A história é ambientada na região norte do país e na era nacionalista . O país passa por várias transições sociais e políticas. Pela questão religiosa que foi um marco na trama e pela derrocada economia. No período da crise que estourava a era romântica depressiva teve os treze generais que assinaram o documento para existir equilíbrio e idealismo na sociedade. Mas, durante e depois das crises se estabelecendo, com as máquinas avançando o retrocesso humano, as fábricas de carros aparecendo, a transformação virando realismo eles se perderam na hi

A Prisioneira das Sombras

Imagem
  CLUBE DE AUTORES Diante dos conflitos sociopolíticos e econômicos as classes nobres tinham um novo divertimento, mesmo com todo o ar desconfortante que vinha da região sulista. O início da década de vinte tinha dado o primeiro passo na Arte da Literatura e a revista Klaxon foi a responsável em transmitir essa influência modernista abrindo as portas para um mundo mais inovador. Aiyra, assim, como o resto do país estavam otimistas, porém, lá no fundo sabia que não estava pronta para um novo recomeço em sua vida e passar tanto tempo com o seu professor abriria portas para aquele amor infundado, indiscutível e arrebatador. Definitivamente, o seu coração não estava em primeiro plano, mas, os seus filhos e a sua conduta. Victor Carsan. Neto dos herdeiros Carsan que recebera uma fortuna deixado no testamento de seu avô, mantinha na cidade uma atividade cultural barrocada pela burguesia com truques de ilusionismo. O detetive Romano estava desconfiado devido a sua fama imediata e a sua jovial

Maeve

Imagem
  Maeve OUÇA  O RESUMO AQUI E CONHEÇA OUTRAS OBRAS EM PRODUÇÃO! MAEVE É UMA JOVEM E A MAIS NOVA DE CINCO FILHAS.  SUA MÃE FOI ENGANADA PELO PRÓPRIO ESPOSO E REI AO SER LEVADA A UMA COLINA. O REI CONFIOU CEGAMENTE EM SEU CONSELHEIRO QUE ELA O ENGANAVA E A MATOU. AINDA NOVA E ÓRFÃ, SOFRENDO PELA AUSÊNCIA DA MÃE E SEM SABER QUEM A ASSASSINOU PRECISOU MUITO DO PAI QUE A INSTRUIU EM TUDO. A SER FORTE E OUSADA, DELICADA E CRUEL.  AO COMPLETAR DEZENOVE ANOS, AINDA SEM CONHECER O AMOR SE SENTIU ATRAÍDA PELO MUNDO ELEMENTAL. DOUTRINADA POR UMA RAINHA DO SUBMUNDO, ACEITOU O FATO DE QUE PODERIA SER ENSINADA SOBRE O SEU REINO E CONFIANTE QUE SAUDARIA O MUNDO DE SIDHE DEIXOU SER LEVADA. NA NOITE APROPRIADA ELA ADENTROU O REINO E FOI POSSUÍDA PELO SEU GUIA. DIANTE DO QUE MAIS AMAVA HAVIA UM MUNDO SOBERANO, MAS CUSTOU TUDO O QUE MAIS TEMIA. Texto com © DIREITOS AUTORAIS

A Prisioneira das Sombras

Imagem
A Prisioneira das Sombras - Livro III OUÇA O RESUMO AQUI E CONHEÇA OUTRAS OBRAS EM PRODUÇÃO! A crise acentuou em todo o país, assim, como no resto do mundo. A guerra tinha terminado após a assinatura que deliberou oficialmente a paz entre nações. O armistício assegurou o tratado de harmonia e controle sobre as nações em 1918 , mas, já no início da década de vinte as exportações caíam. As pequenas indústrias que conseguiram se manter fortes após o descontrole da guerra já não se abstinha com a desvalorização da moeda e todos os setores perderam quantias exorbitantes em áreas menos favorecidas. As indústrias que mais faturavam e que mantinham grandes corporações foram comunicadas nas colunas de notificações das imprensas. Destacando sem ambiguidade  a indústria IRFM . No início do século as indústrias reunidas já controlavam a metalurgia, a tecelagem e a produção de farinha de trigo . No entanto, estavam aptos a continuar a demanda favorável das enormes produções. Afastada de

Belisama em Fases Lunares

Imagem
CLUBE DE AUTORES Belisama usa a fase lunar para guia-la quando se vê perdida ao mergulhar profundamente numa depressão pós parto. Mãe precoce e com a juventude abalada por perder o namorado, se torna madura antes do que esperava. Se isola por um tempo e busca a reverenciada anciã para que a leve a melhores opções e diante dos obstáculos encontra trabalho numa edição literária, onde se publica apenas biografias. Em seu primeiro contato para entrevistar um astro de cinema fica diante do seu maior ídolo. Inexplicavelmente, os dois criam um laço, já que descobrira que a vida do seu ídolo não era tão perfeita. Os dois haviam passado quase a mesma experiência e se uniram secretamente para viver uma grande paixão. — A anciã a levou direto para os braços do único homem que poderia salvá-la do terror que tinha mergulhado? — Ou as outras deusas estavam provando que o amor não tem limites?

Belisama em Fases Lunares

Imagem
Mãe da escuridão Aquela, cuja manifestação, está no céu em trevas, No fundo das cavernas No verde das matas. No anoitecer do dia, A escuridão das profundezas estelares, e que adormecida ouve os sussurros dos peregrinos na terra. Mãe, que canta com o assopro dos ventos e faz o coração pulsar de alegria. Escondida entre a luz que se fundiu permanece gloriosa para ouvir os que em silêncio declama a sua aparição no céu. Esplendorosa mãe que se prepara para descortinar o véu da reflexão, abre os sentidos e os faz mergulhar no mais profundo oceano de fantasia e imaginação. Mentes que varrem os mares em busca de explicação. Pavorosos olhos noturnos que viajam sobre as ondas procurando um punhado de elucidação. Peregrinos, crianças do tempo que desejam compreender quem és, para onde vais e o que são. O silêncio do tempo em cada coração reflete de volta a seu mestre interior todas as respostas. E, no entanto, o som do mundo não os deixam ouvir a voz que clama, que chama e que induz. Volta, pere