Novidade Filosófica!

Terracota - O Campo da Realidade Cognitiva

Imagem
  O Campo da Realidade Cognitiva – Efeito Íris – Grau 9.7     Cálcio, sódio, potássio. Toda a propriedade de realidade factual final da luz é dividida por seu grau de maior e menor energia num comprimento de onda, onde a luz viaja. A distância entre os picos dessas ondas por frequência é obtida por segundo, nessa amplitude de altura, ou seja, os vales , registram o fundo mergulhante da onda que dessa energia proporcionou a sua frequência eletromagnética. Por sua vez, a imagem baseia-se na onda de luz que entra para a córnea por refração. Sistemicamente, os 5 milhões de cones divididos por suas principais cores tricéfalas; azul, que carrega o comprimento de onda 430 nm ; verde, que carrega o comprimento de onda 530 nm ; vermelho, que carrega o comprimento de onda 560 nm . Se conectou com a luz da córnea; a água , interrelacionando com a percepção de luz-realidade , trouxe o feixe-aspecto, mas interagiu por tipo de onda. Nessa viagem de luz que carrega toda a íris; o arco, o

Natureza Encarnada




AMBROSIA – Raios Binários

 

A natureza encarnada difere nos raios de polinização, suas camadas exuberantes de poder, nutrição e efeitos, sobe e desce na mesma intensidade. Cada flor ou erva oriunda de seus reinos trazem segredos que aos poucos os homens vão descobrindo, na medida que ele por intermédio de suas buscas encontrar uma fonte insaciável do conhecimento. Pois, as aventuras do homem é uma jornada que lhe propicia efeitos muito mais duradouros quando a busca é o seu maior prazer.

Ambrosia, por escolha intuitiva inicia a chave. A flor oriunda dos deuses e que contém milhares de lendas, nas quais os contadores escondem o seu valor simbólico. Cada desenho da obra-prima encarnada em sua forma mostra o aspecto visionário e por efeito o valor que ela transmite no corpo físico. O perfume inebria a alma, favorece a entrada de sua essência, porque em seu reino o poder de sua transdução é o olfato. Mediante, os efeitos contidos no corpo físico, então, ela abre os poderes de cura. E, sucessivamente, uma a uma, por cada espécie de seu gênero.


Em seu nome carrega a verdadeira essência de sua natureza viva, Eudicotyledoneae, isto é, a essência primitiva de replicação e reprodução nas quais levaram consigo o poder da transmutação e cultura e que seus cotilédones, a sua semente milenar, o zigoto, fez as replicações. Assim, como o homem na reprodução natural.

Em sua essência carrega as forças miríades da terra, a quinina. Em sua fórmula estabelece a pressão sanguínea e a desintegração de íons negativos, nas quais o calor excessivo do corpo exala por infecções causando a febre. Seu gosto amargo ativa as glândulas do corpo estimulando novamente as estruturas anteriores, como a reintegração de estados binários. E, estimulando os estados binários o corpo diminui a intensidade das glândulas e reformula o equilíbrio.

Sua atividade no corpo inicia-se na chave de tempo; 1,577814970

Ambrósia ativa sete partes de nervos e que Verbena Officinalis pode ajudar a tranquilizar e relaxar. Os rebentos de sua polinização causam efeitos alérgicos.

Seu ciclo de renovação após o efeito se diz aos valores secundários, no que diz respeito aos distúrbios de reintegrar seu uso, os vícios. Seus raios de gêneros são centenários e que por sua raiz carrega diversos efeitos no corpo. Para cada nome científico atribui-se ao fato de que suas espécies podem ser arriscadas.

Seu contra efeito causa o inverso de sua cura. A alergia do feno e que por decênios de anos, os nervos que compõe o corpo enraízam parte de sua essência e transmite aos nervos centrais os excessos de espirros.

Seu valor energético atribui-se ao fato de que és sagrada e intocável ao homem em uso desnecessário. Pois, seu nome traz a mensagem perfeita de que és poderosa e que protege o sistema periférico causando uma leve sensação viciante.

Sendo considerada a flor da imortalidade, ela carrega o inverso no corpo físico, seu efeito é temporário.


Original - Claudianne Diaz

Texto com ©DIREITOS AUTORAIS

Mensagens populares deste blogue

Terracota - OS SERES ORIGINÁRIOS

Terracota - A BIOLOGIA SISTÊMICA

Terracota - Embriologia - A Ordem 1,0.819